terça-feira, 24 de abril de 2018

Ex-combatente no Afeganistão recebe primeiro transplante de pênis e escroto no mundo em cirurgia de 14 horas

Médicos da Universidade Johns Hopkins (JHU, na sigla em inglês) anunciaram nessa segunda-feira (23) a conclusão do primeiro transplante total de pênis e escroto em um militar que foi ferido no Afeganistão.
A cirurgia de 14 horas de duração foi feita em 26 de março por uma equipe de nove cirurgiões plásticos e dois cirurgiões urologistas, anunciou a JHU em nota.
“Estamos otimistas que esse transplante vai ajudar a restabelecer as funções urinária e sexual próximo do normal para este jovem homem”, disse W.P. Andrew Lee, professor e diretor de cirurgia plástica e reconstrutiva na Escola de Medicina da JHU.
Segundo os médicos, o rapaz deverá voltar a urinar pelo pênis nas próximas semanas e, por fim, deverá recuperar sensibilidade o suficiente para ter ereção. Mas a extensão de sua função sexual só será conhecida em cerca de seis meses.
O paciente foi gravemente ferido há alguns anos na explosão de um artefato artesanal no Afeganistão, explicou Lee.
Todo o pênis, o escroto sem os testículos e parte da parede abdominal vieram de um doador falecido.
O militar pediu anonimato, mas divulgou uma curta nota, dizendo que espera deixar o hospital na semana que vem.
“É um ferimento realmente incompreensível, não é fácil de aceitá-lo”, disse. “Quando acordei, finalmente me senti mais normal”, completou.
O paciente consegue se levantar e dar alguns passos e deve ter alta do hospital esta semana.
Transplantes penianos já haviam sido feitos, mas a soma do escroto representa um avanço adicional para a medicina.
Embora também tenha perdido os testículos na explosão, os médicos não os restauraram no transplante.
“Os testículos não foram transplantados porque nós tomamos uma decisão no início do programa de não transplantar tecido que produza esperma porque isto traria uma série de questões éticas”, explicou o cirurgião plástico da JHU, Damon Cooney.
“Em particular, a capacidade do receptor do transplante em ter filhos resultaria na transmissão do material genético do doador do tecido transplantado à descendência do receptor”, prosseguiu Cooney.
Embora tenha preservado a próstata na explosão, como perdeu os testículos, ele não conseguirá ejacular.
O primeiro transplante de pênis do mundo foi feito na China, mas precisou ser removido posteriormente devido “a um severo problema psicológico no receptor e em sua esposa”, explicaram os médicos.
Ainda segundo eles, apenas quatro transplantes penianos foram realizados com sucesso, inclusive o anunciado nessa segunda.
Dois foram feitos na África do Sul, país onde foi realizada a primeira cirurgia bem sucedida, em 2015. Os Estados Unidos fizeram o primeiro transplante peniano exitoso em 2016.
UOL

Brasileiro leva luta contra deportação à Suprema Corte dos EUA; Wescley Pereira, de 37 anos, vive há 18 anos no país e tem duas filhas americanas

Wescley Pereira precisa provar que o tempo não parou. Esse brasileiro que vive há quase duas décadas sem documentos nos Estados Unidos luta para não ser deportado num caso que pode abrir um precedente para milhares de outros imigrantes na mesma situação que a dele.
E a contagem dos anos que ele passou em solo americano é o pivô da batalha jurídica que acaba de chegar à Suprema Corte do país. Se não quiser voltar para o Brasil, Pereira deve convencer os juízes da mais alta instância da Justiça americana que uma intimação que ele recebeu há mais de uma década não travou o relógio legal para ele.
Uma regra dos anos 1990 determina que um imigrante ilegal que tenha vivido no mínimo dez anos no país sem cometer nenhum crime pode pedir o chamado “cancelamento de remoção”, desde que prove também que sua expulsão do território americano causaria grande sofrimento a seus parentes que são cidadãos ou residentes legais permanentes.
Mas o pintor e faz-tudo que vive na ilha de Martha’s Vineyard, a colônia de férias favorita de presidentes e endinheirados no nordeste americano, recebeu em 2006 uma intimação pedindo que ele fosse a um tribunal para o início de seu processo de deportação.
No entendimento de alguns advogados, a notificação teria interrompido naquele instante a contagem dos anos que Pereira passou nos EUA, o que o tornaria inelegível para um eventual perdão do juiz.
“O governo dá início a um processo de deportação com uma intimação”, diz Jessica Vaughan, do Center for Migration Studies, grupo que defende regras mais duras anti-imigração. “Não deve importar quando, onde e a que horas a audiência vai acontecer.”
Outros especialistas, no entanto, alegam que, como a intimação não especificava data nem hora e local para que ele se apresentasse às autoridades, o seu efeito seria nulo, dando a ele o tempo de permanência exigido pela regra.
Pereira, que tem agora 37 anos, entrou no país aos 19 com um visto de turista e nunca mais voltou para casa. Além de ressaltar o tempo que passou aqui, seu pedido para ficar nos EUA argumenta que sua expulsão prejudicaria suas duas filhas pequenas, que nasceram na ilha onde vive e, por isso, são cidadãs americanas.
“Há muitas pessoas nessa situação em que um tempo passou entre uma intimação e outra e precisam saber se isso conta ou não conta”, disse David Zimmer, um dos advogados do brasileiro, a uma rádio de Boston. “Se o tempo contar, isso pode determinar que ele seja ou não elegível para um cancelamento de remoção.”
Juízes de tribunais inferiores nos EUA discordam sobre essa questão, e a decisão da Suprema Corte sobre o caso de Pereira, aguardada para junho, pode determinar o fim das dúvidas sobre esses casos.
Folha de São Paulo



Ciro e Haddad se reúnem e falam sobre frente de centro-esquerda

O “polo popular, democrático e progressista”, defendido por Fernando Henrique Cardoso no seu último livro, o recém-lançado “Crise e Reinvenção da Política no Brasil”, deu nesta segunda-feira (23) um passo à frente significativo: Ciro Gomes, Fernando Haddad, Delfim Netto e Luiz Carlos Bresser-Pereira reuniram-se pela manhã. A concordância deles quanto ao que fazer foi completa.
Concordaram, por exemplo, em não convidar Fernando Henrique para o próximo encontro do quarteto, marcado para daqui a um mês. “Converso com todo mundo, mas acho que FHC não quer nada comigo”, disse Ciro Gomes, o último a chegar, às 11h30, e o primeiro a tirar a gravata.
“O apoio do Fernando a João Doria Jr. e o flerte com Luciano Huck mostram que ele não busca criar um ambiente que ajude o Brasil a ir para a frente”, disse Delfim Netto. Nenhum dos quatro acredita que Geraldo Alckmin chegará ao Planalto.
“É a centro-esquerda que tem chances reais”, opinou o ex-prefeito Fernando Haddad. Tanto ele quanto Ciro Gomes acham possível que o PDT e o PT formem uma chapa conjunta já para o primeiro turno, com Haddad como vice.
O responsável pelo encontro, o professor José Márcio Rego, da FGV, lembrou que setores da direção do PT não viram com bons olhos as conversas do ex-prefeito com Ciro. “Já está tudo bem”, informou-lhes Haddad. “Até brinquei com gente do partido, dizendo: vocês diziam que eu era muito técnico, mas quando começo a fazer política, reclamam”.
A incógnita na conversa, que se realizou no escritório de Delfim, no Pacaembu, foi Joaquim Barbosa. “Se ele sair, será a primeira vez que muita gente não votará em branco”, atalhou Delfim com um trocadilho que arrancou risos.
Para ele, Barbosa tem as seguintes virtudes eleitorais: “Veio de baixo, como Lula, foi intransigente contra a corrupção e é um homem direito”. Ele continuou, olhando para Ciro: “Ele tem fama de ser mais estourado que você”. Novamente, todos riram. “Não, ele é mais do que eu, melhorei muito”, respondeu o pedetista.
“O problema do Joaquim Barbosa é que não se sabe o que ele pensa sobre economia, qual a sua ideia de Brasil”, disse Bresser-Pereira. “A tendência é que, na economia, ele se limite a repetir a receita liberal de sempre. E disso o Brasil não precisa”.
Pelas informações de que os quatro dispunham, há três empecilhos à candidatura de Barbosa: sua família não quer; setores regionais do PSB não o veem com bons olhos, em função de alianças locais; e o próprio ex-ministro do Supremo não sabe se quer ser candidato.
“Essas dificuldades irão diminuir como que por encanto e logo desaparecerão, se ele crescer nas próximas pesquisas de opinião pública”, disse Ciro, e todos concordaram.
No diagnóstico de Bresser, uma chapa com Ciro e Haddad teria condições de romper com a camisa de força que se quer pôr no eleitorado. “Acho que o Lula preso pode causar tanto barulho eleitoral quanto solto”, disse Delfim.
“Mas há questões práticas”, interrompeu Haddad. “Lula não pode falar, aparecer em vídeos”. Para Ciro, isso não está decidido: “Nessas eleições, a tendência é muita coisa ir parar na Justiça”.
​Bresser disse a Delfim, na frente de todos, que era ótimo que ele participasse das conversas com Ciro e Haddad. “Você é de centro-direita, mas sempre se bateu pelo desenvolvimento. E isto é o importante no momento”. Delfim respondeu que essas classificações estavam defasadas.
Pouco se falou de corrupção. A questão foi resumida por Ciro: “É um dos problemas mais graves do Brasil. Temos que estudar o assunto e apresentar ideias novas”.
Ele lembrou que, quando morava em Brasília, no dia do seu aniversário entregaram um jet ski na sua casa. Era um presente de Léo Pinheiro, dono da empreiteira OAS. Ciro disse que devolveu o presente, e se calou.
“Mas o Ciro não contou o fim da história, que minha mulher vive repetindo”, disse Bresser. “Quando o Léo Pinheiro se encontrou com o Ciro, perguntou-lhe se ele achara que o jet ski era uma tentativa de corrupção. E o Ciro respondeu: ‘Se eu achasse que fora uma tentativa de corrupção, teria mandado prendê-lo'”.
Folha de São Paulo

Incêndio arrasa loja de material de construção em Natal

O Corpo de Bombeiros registrou um incêndio em uma loja de material de construção na manhã desta terça-feira (24), na Rua Mira Mangue, no bairro Planalto, na Zona Oeste de Natal. Na ocasião, uma viatura foi enviada ao local, mas não conseguiu conter as chamas e precisou chamar reforço.
Segundo o Corpo de Bombeiros, o material inflamável que estava na loja facilitou a propagação das chamas, que destruíram boa parte da loja em um rápido intervalo de tempo. Somente com a chegada dos reforços, o fogo foi controlado.
Ainda não é possível informar o que teria causado as chamas. Felizmente, ninguém ficou ferido.

2019, o ano em que exterminaremos a enxaqueca; novo remédio tomado a cada 3 meses promete livrar crises para o resto da vida

A enxaqueca afeta um em cada cinco brasileiros, é três vezes mais comum em mulheres e as crises de dor podem durar até 72 horas. Mesmo assim, não existem remédios específicos para esse tipo de dor de cabeça. Quem tem crises frequentes precisa se virar com analgésicos e tratamentos com medicamentos criados para outras doenças.
Mas isso pode melhorar em breve, com o desenvolvimento de uma injeção que previne as crises com apenas uma dose a cada três meses. Segundo o relatório da Adler Biopharmaceuticals, 98% dos participantes da fase de testes tiveram alguma redução no número de crises por 12 semanas, com apenas uma dose do remédio.
Na maioria dos voluntários, o número de crises por mês caiu pela metade. Um terço deles teve 75% menos crises do que o normal e 8% não tiveram crise nenhuma.
Os principais sintomas da enxaqueca são dores pulsantes na cabeça, sensibilidade à luz e náusea. Aos primeiros sinais de dor, analgésicos podem barrar a crise, mas muitas pessoas não têm alívio nenhum com eles.
Atualmente, quem tem crises crônicas e resistentes faz tratamentos preventivos com remédios para outras doenças. Anticonvulsivos, desenvolvidos para tratar epilepsia, como o topiramato e o valproato sódico, são um exemplo. Betabloqueadores, utilizados para tratar problemas de coração, também são usados para prevenir as crises. Mas esses medicamentos vêm com uma grande quantidade de reações adversas.
O estudo da Alder não trata dos possíveis efeitos colaterais da injeção, mas ela tem sido aprovada em todos os testes de segurança. A droga deve ir este ano para a última fase de testes clínicos e, se os resultados continuarem positivos, ela pode ser aprovada para a comercialização em 2019.
Super Interessante

MPRN convoca estagiários aprovados em processo seletivo

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) convocou 13 candidatos aprovados em processo seletivo para a instituição. As convocações são para as cidades de Natal, Mossoró, Parnamirim, Ceará-Mirim, Pau dos Ferros e Goianinha.
As convocações por parte do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF) do MPRN foram publicadas na edição desta terça-feira (24) do Diário Oficial do Estado (DOE). Os candidatos selecionados têm prazo de 5 dias úteis para efetuarem o credenciamento junto ao MPRN.
Para estagiários de pós-graduação no MPRN, denominado MP Residência, são nove convocações, sendo sete para Natal e duas para Mossoró. Foram convocados os candidatos Anoara Rosana Gregório de Andrade, Emanuelle Dayane Santos de Farias, Sabrina Bardana Diniz Costa. Marjoria Silva dos Santos, Flávio Figueiredo Gomes da Costa, José Reinaldo Coelho Peixoto Filho, Carlos Wagner Leão Nogueira, Círlia Natasha Lucena da Rocha e Camila Gabriel Gurgel.
As demais convocações foram para credenciamento de estagiários do curso de Direito. Para Ceará-Mirim, foi convocado Ayrton Amaro de Morais Dantas. O candidato Túlio Alves de Oliveira foi convocado para estágio em Goianinha. Juliana Gisele Araújo dos Santos deve se credenciar para estágio em Parnamirim. E a candidata Maria Vitória Lima de Queiroz foi convocada para estágio em Pau dos Ferros.
Para saber os locais de credenciamento e os documentos necessários para isso junto ao MPRN, clique aqui.
 
 

Atropelador canadense é acusado formalmente por dez homicídios

O motorista acusado de matar 10 pessoas e ferir outras 15 pessoas ao avançar com uma van alugada contra em pedestres em Toronto, fez sua primeira aparição no tribunal nesta terça-feira e enfrentará dez acusações de homicídio de primeiro grau.
Enquanto o pior assassinato em massa no Canadá é a ameaça à segurança nacional nos Estados Unidos e na Europa, autoridades disseram que isso não representa uma ameaça à segurança nacional. Alek Minassian
O incidente aconteceu às 13h30, hora local (12h30 no Brasil), quando as ruas estavam cheias de pessoas que haviam saído dos escritórios para o almoço. Uma testemunha do atropelamento, identificada como Ali, disse à rede de TV CNN que o motorista, Alek Minassian, parecia agira propositalmente. “Ele estava matando todo mundo. Ia avançando cada vez mais, atingindo as pessoas uma após a outra”, disse. Ele contou que algumas das vítimas eram idosos e que viu um carrinho de bebê ser lançado pelo ar.
Um vídeo do incidente, exibido pela emissora “CBC”, mostra um homem repetidamente apontando um objeto, aparentemente uma arma de fogo, para um policial, enquanto pede aos gritos que o mate.
O processo judicial começou depois que o primeiro-ministro Justin Trudeau abordou o ataque fora do parlamento em Ottawa, conclamando todos os canadenses a se unirem a Toronto.
“Não podemos, como os canadenses escolherem viver com medo todos os dias, enquanto cuidamos de nossos negócios diários. Precisamos nos concentrar em fazer o que podemos e devemos manter os canadenses seguros enquanto nos mantemos fiéis às liberdades e valores que todos nós Os canadenses são queridos “, disse Trudeau.
O primeiro-ministro disse que, enquanto levaria tempo até que os motivos do agressor fossem compreendidos, o incidente não alterou o nível de ameaça do país nem os preparativos de segurança para uma cúpula do G7 em Quebec, em junho.
Pessoas deixaram flores em um memorial improvisado, que cresceu quando os passageiros retornaram ao trabalho na manhã de terça-feira. Cartazes brancos em branco, encostados a uma parede de pedra, estavam cobertos de mensagens.
A bandeira canadense foi reduzida a meia equipe no parlamento e na prefeitura de Toronto.
Minassian, que não era conhecido anteriormente pelas autoridades, frequentou um programa de ensino médio no qual um colega de classe lembrava-o como “absolutamente inofensivo”.
O oficial que prendeu Minassian foi elogiado por fazer uma prisão pacífica, mesmo quando o suspeito gritou “Kill me” e afirmou ter uma arma.
Os canadenses lamentaram quando as vítimas começaram a ser identificadas na terça-feira.
“Somos uma sociedade pacífica, tolerante e livre. A violência horrível na Yonge Street, em Toronto, vai fortalecer em vez de minar essas verdades”, escreveu o colunista John Ibbitson no jornal nacional Globe and Mail.
O ataque abalou as ruas normalmente pacíficas de Toronto, uma cidade multicultural com 2,8 milhões de habitantes. A cidade registrou 61 assassinatos no ano passado.
A icônica CN Tower, no centro de Toronto, que normalmente é iluminada à noite, ficou às escuras na noite de segunda-feira.
O drama começou na hora do almoço em um dia quente de primavera, quando o motorista dirigiu seu veículo para a multidão. A rua logo ficou coberta de sangue, sapatos e corpos vazios.
O Canadá ainda está se recuperando do choque de uma queda em Saskatchewan no início deste mês que matou 16 pessoas em um ônibus que transportava um time de hóquei.
Em outubro passado, oito pessoas morreram em Nova York quando um homem dirigindo uma caminhonete alugada derrubou pedestres e ciclistas em uma ciclovia.
O Globo

Redução de peso pode evitar 15 mil casos de câncer por ano no Brasil

Estima-se que pelo menos 15 mil casos de câncer por ano no Brasil, ou 3,8% do total, poderiam ser evitados com a redução do excesso de peso e da obesidade. E esse número deve ainda crescer até 2025, quando se estima que mais de 29 mil novos casos de câncer atribuíveis à obesidade e sobrepeso devam surgir por ano, índice que vai representar 4,6% de todos os novos casos da doença no país.
Os dados são de um estudo epidemiológico feito no Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), em colaboração com a Universidade de Harvard (Estados Unidos).
“O problema principal é que vem ocorrendo um aumento nas prevalências de excesso de peso e obesidade no Brasil e, com isso, os casos de câncer atribuíveis a essas duas condições também devem crescer. Fora isso, espera-se que haja um aumento nos casos de câncer como um todo, pois a população do país vai aumentar e envelhecer”, acredita o doutorando na FMUSP, Leandro Rezende.
Rezende é um dos autores do artigo publicado na revista Cancer Epidemiology, com o título The increasing burden of cancer attributable to high body mass index in Brazil. O trabalho é resultado de uma Bolsa de Pesquisa no Exterior da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) realizada na Harvard University. Segundo o pesquisador, o aumento do poder econômico nos últimos anos levou a um maior consumo, porém, no caso da alimentação, o fenômeno ficou atrelado principalmente aos alimentos ultraprocessados.
“O estudo mostra essa fase de transição nutricional epidemiológica. São justamente esses alimentos altamente calóricos, com quantidade elevada de açúcar, sal e gordura, que também são os produtos mais baratos”, disse.
Obesidade e sobrepeso estão associados ao aumento de risco de 14 tipos de câncer, como o câncer de mama (pós-menopausa), cólon, reto, útero, vesícula biliar, rim, fígado, mieloma múltiplo, esôfago, ovário, pâncreas, próstata, estômago e tireoide, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, a incidência desses 14 tipos de câncer corresponde à metade do total de casos da doença diagnosticados por ano.
O estudo feito por Rezende, em colaboração com pesquisadores brasileiros e norte-americanos, calculou a fração atribuível populacional (FAP) do câncer relacionado ao índice de massa corporal (IMC) elevado. A FAP é uma métrica para estimar a proporção da doença possível de prevenir na população caso o fator de risco (nesse caso o sobrepeso e a obesidade) fosse eliminado, mantendo os demais fatores/causas estáveis.
População feminina
De acordo com o estudo, 3,8% dos mais de 400 mil casos de câncer diagnosticados anualmente são atribuíveis ao IMC elevado. Verificou-se também que esses casos são mais comuns em mulheres (5,2%) do que em homens. Isso se dá não apenas pelo fato de a média do IMC ser mais elevada nas mulheres, mas, principalmente, porque três tipos de câncer atribuíveis à obesidade e sobrepeso – ovário, útero e câncer de mama – afetam quase exclusivamente a população feminina.
Para estimar o excesso de peso e a obesidade na população brasileira, os pesquisadores usaram dados sobre IMC no Brasil em 2002 e 2013 da Pesquisa de Orçamentos Familiares e da Pesquisa Nacional de Saúde, ambas conduzidas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A análise de dados em dois momentos, e com dez anos de diferença, se justifica para analisar a latência da doença a partir do excesso de peso ou obesidade.
De acordo com os dados do IBGE, 40% da população brasileira tinha sobrepeso ou obesidade em 2002. Em 2013, o total subiu para aproximadamente 60%. Levando em conta IMC, magnitude do risco relativo, casos da doença e período de latência, os pesquisadores estimaram que, em 2012, cerca de 10 mil casos de câncer em mulheres e 5 mil casos em homens eram atribuíveis ao excesso de peso e obesidade aferidos dez anos antes. Já os dados sobre a incidência de câncer foram obtidos do Instituto Nacional de Câncer (Inca) e da base Globocan da Agência Internacional de Pesquisa em Câncer, da OMS.
De modo a quantificar a dimensão da contribuição do sobrepeso e da obesidade na incidência de câncer no Brasil, os autores do estudo estimaram FAPs da doença em 2012 (com dados existentes) e em 2025 (por meio de projeção) atribuídas a IMC elevado. As frações foram calculadas de acordo com sexo, idade, área geográfica e tipo de câncer.
Abordagem regional
O trabalho é um dos primeiros a fazer comparações regionais sobre a relação entre obesidade e câncer. De acordo com o estudo, as maiores FAPs, para todos os tipos de câncer, foram encontradas nos estados das regiões Sul (3,4% de mulheres para 1,5% de homens) e Sudeste (3,3% de mulheres para 1,5% de homens).
Nas mulheres, as maiores FAPs foram encontradas nos estados de Rio Grande do Sul (3,8%), Rio de Janeiro e São Paulo (ambos 3,4%). Nos homens, as FAPs mais altas foram em Mato Grosso do Sul e São Paulo (ambos 1,7%).
“Houve aumento do IMC no país inteiro. Observamos que o impacto da obesidade é maior nas regiões Sul e Sudeste, principalmente em São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, mais ricos e com maiores IMC. No entanto, não se justifica uma estratégia de prevenção de câncer e redução da obesidade exclusivamente nessas duas regiões”, disse Rezende.
Isso porque, de acordo com o artigo, ao comparar os dados de IMC de 2013 e de 2002, os autores perceberam que as regiões Norte e Nordeste tiveram o maior aumento de IMC em comparação com outras regiões. “Os dados mostram que é preciso tomar precauções em outros locais, além do Sul e Sudeste”, alerta Rezende.
Políticas públicas
Na avaliação do professor titular da FMUSP e orientador do estudo, José Eluf Neto, o interessante é poder mensurar o impacto da relação de câncer e obesidade para a saúde pública e, com base nisso, planejar ações e investimentos.
“Hoje, se sabe que há uma razão biológica para haver essa relação, com mecanismos moleculares ou metabólicos bem descritos. É o caso da insulina. A obesidade causa resistência à insulina gerando inflamações e o aumento da proliferação celular”, esclarece Eluf Neto.
Alimentos ultraprocessados
De acordo com o artigo, as vendas de produtos ultraprocessados cresceram 103% em toda a América Latina entre os anos de 2000 e 2013, acompanhadas de um consequente aumento no IMC nos países da região. Para os autores, reverter esse quadro exige políticas públicas como a regulamentação de imposto, rotulagem nutricional e restrição de marketing de alimentos ultraprocessados.
“Esse crescimento de vendas na América Latina retrata uma estratégia da indústria de alimentos, assim como foi, ou tem sido, a da indústria de tabaco. Quando alguns países começam a regular minimamente a venda e publicidade desses alimentos, eles partem para regiões em que as leis ainda não foram estruturadas para promover a saúde da população”, analisa Rezende.
Segundo ele, o crescimento dos alimentos ultraprocessados no Brasil é comparável ao que ocorreu com a indústria de tabaco nos anos 1980. “O tabagismo, hoje, é um problema maior em países de baixa e média renda porque é onde a indústria de tabaco está focada. Fazer isso no Brasil em 2018 ficou mais complicado. Temos restrição de publicidade, é proibido fumar em ambiente fechado. Já no caso dos alimentos ultraprocessados, é como se estivéssemos em 1980. Os produtos não são comercializados, rotulados e taxados de maneira adequada a garantir a saúde da população”, disse.
Outros fatores
A equipe de pesquisadores está calculando também o peso de outros fatores, como sedentarismo, tabagismo, alimentação e consumo de álcool, na incidência e mortalidade por câncer. Os dados desses outros fatores ainda não foram publicados, mas o objetivo final do trabalho é compará-los e estimar quantos casos de câncer seriam evitáveis no Brasil.
“Existem fatores genéticos que aumentam o risco do desenvolvimento do câncer, mas isso não é algo modificável e também eles não excluem os outros fatores que causam a doença. O tabagismo é o principal fator de risco ou causa de câncer no Brasil, podemos adiantar essa análise, mas ele está caindo de forma importante, com prevalência em cerca de 15% da população. Com isso, outros fatores começam a ganhar relevância na formação de políticas públicas. Os dados mostram que não dá para cessar os esforços para reduzir o tabagismo, mas combater o sobrepeso e a obesidade também deve ser prioridade”, avalia o pesquisador.
Agência Brasil

Motorista que perdeu controle de carro e provocou acidente na Via Costeira morre no hospital

A motorista do Ford Ka que perdeu o controle do veículo na manhã desta terça-feira e provocou acidente na Via Costeira não resistiu aos ferimentos e morreu no Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, para onde foi socorrida.
O hospital não divulgou seu nome.
Segundo o CPRE, depois de ser retirada das ferragens, a mulher foi levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência(SAMU) em estado grave para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho. No outro veículo, ninguém ficou ferido. O trânsito no local ficou bloqueado.
BG

Polícia Federal no RN é a que mais prende no Brasil por corrupção

Dinarte Assunção
A representação potiguar da Polícia Federal é a que mais prende no Brasil, segundo dados analisados pelo jornal O Estado de S.Paulo sobre 3.018 inquéritos abertos pela PF em todo o Brasil para apurar concussão e corrupção ativa e passiva, entre 2013 e 2017.
O levantamento mostra que 42% dos inquéritos abertos pela PF no RN terminaram em prisão. É o maior índice do Brasil. Ceará (38%), Paraná (25%), Roraima (25%) e Amazona (21%) completam o ranking dos estados onde os inquéritos mais resultaram em prisões.
O RN também está também entre as unidades federativas onde as investigações menos demoram, em média são oito meses para as investigações.
Por outro lado, no entanto, em números absolutos, a Polícia Federal no Estado abriu 24 inquéritos no período analisado. O Paraná, sede da Lava Jato, abriu 228 inquéritos. São Paulo, com 217, ficou em segundo lugar.
A média nacional ficou em 16% de inquéritos que terminam em prisão.

Deputado Tomba Farias prestigia Caprifeira e participa de reuniões políticas nas regiões Trairi e Potengi


IMG-20180423-WA0002
O deputado estadual Tomba Farias (PSDB) participou na noite do último sábado (21) da edição 2018 da Caprifeira, no município de São Paulo do Potengi.
Acompanhado do vereador Erinho e de lideranças políticas da região Trairi, Tomba visitou os estandes da exposição agropecuária e dialogou com populares e autoridadespresentes no evento sobre a necessidade de fortalecer a produção agrícola na região, ampliando a capacidade de emprego e renda para a população.
"A Caprifeira é um evento de importância para o fomento da economia da região Potengi. Necessitamos estimular esse evento para ampliar a capacidade de produção agrícolano Rio Grande do Norte", ressaltou.
Reuniões políticas
O parlamentar também participou de reuniões políticas durante o final de semana. Na tarde do último domingo (22), o encontro político foi no município de Coronel Ezequiel, localizado no Agreste Potiguar. A reunião aconteceu na fazenda do empresário Humberto Adriano, onde estiveram presentes os ex-prefeitos Taú (Coronel Ezequiel) e Uady(Jaçanã), além dos vereadores Robério (Rodela), Donizete, Antônio Justino, Neguinho e Francisquinho. Em seguida, Tomba participou em Tangará de uma nova reuniãopolítica com doutor Airton (Doutozinho) sobre as eleições gerais de 2018.

Corpo é encontrado em estado de decomposição na zona rural de Santa Cruz

Um homem foi encontrado morto na zona rural de Santa Cruz. A informação foi confirmada pela Polícia Militar.
Segundo dados da PM, o corpo foi encontrado em uma comunidade rural na rodovia que liga Santa Cruz a Japi, ainda na zona rural do município. A vítima ja estava em estado de decomposição, o que dificultará a sua identificação, mas a perícia irá confirmar a causa da morte.
A ITEP já foi acionado foi remoção do corpo para necropcia e identificação. O caso será investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Santa Cruz.
Édipo Natan

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Justiça suspende 1.068 cargos comissionados na Câmara de São Paulo

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ) determinou, em caráter liminar, a suspensão de 1.068 cargos em comissão (contratados sem concurso público) da Câmara Municipal de São Paulo, a maior Casa legislativa municipal do país. O Ministério Público de São Paulo ajuizou uma ação direta de inconstitucionalidade a respeito de leis editadas entre 2003 e 2017, que permitiram as contratações dos cargos sem concurso público. O procurador-geral de Justiça, Gianpaolo Smanio, considerou as leis inconstitucionais.
A decisão liminar foi proferida pelo desembargador Sérgio Rui, do Órgão Especial do Tribunal de Justiça, ressaltou que a criação de cargos comissionados, sem exigência de concurso público, contraria a Constituição Estadual.
“Conclui-se que as leis mencionadas, no que tange aos cargos em comissão elencados, podem violar, em tese, os preceitos basilares inscritos na Carga Magna e na Constituição do Estado de São Paulo”, citou o desembargador na decisão, que ainda cabe recurso.
Por meio de nota à imprensa, a Câmara Municipal de São Paulo informou que vai “pedir esclarecimentos sobre o alcance da liminar concedida pelo TJ”. A dúvida é se a decisão vale para as futuras contratações ou se já começa a valer para os que já foram contratados. Para o Ministério Público, a lei já valeria para os atuais contratados. Sobre isso, em sua decisão, o desembargador Sérgio Rui esclarece que suspende “a vigência e a eficácia das leis supra mencionadas do Município de São Paulo, relativamente aos cargos em comissão mencionados, até o julgamento da presente ação”.
Agência Brasil

Anvisa autoriza venda de novos genéricos para HIV e pressão alta

Pedro Rafael Vilela
Remédios genéricosA Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deu aval para a comercialização de quatro novos medicamentos genéricos. A autorização foi publicada na edição desta segunda-feira (23) do Diário Oficial da União (DOU). Um deles é o Entricitabina combinado com Fumarato de Tenofovir Desoproxila, produto usado para o tratamento de pessoas que contraíram o vírus HIV. O medicamento de referência é o Truvada, cujas indicações incluem a profilaxia pré-exposição (PReP), usada para reduzir o risco de infecção pelo vírus adquirido sexualmente em adultos de alto risco. No Brasil, a detentora do registro é a Blanver Farmoquímica e Farmacêutica S/A.
Outro produto genérico inédito com registro aprovado pela Anvisa é o Perindopril Erbumina combinado com Indapamida, indicado para o tratamento da hipertensão arterial (pressão alta), que acomete uma a cada quatro pessoas adultas, segundo dados da Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH). A empresa detentora do registro no país é a  EMS S/A.
Medicamentos genéricos devem ser ao menos 35% mais baratos - Arquivo/Agência Brasil
Entre os produtos aprovados pela Anvisa, está também o genérico inédito Bilastina, indicado para o tratamento sintomático de rinoconjuntivite alérgica (intermitente ou persistente) e urticária. A empresa detentora do registro é a EMS S/A. A Anvisa ainda autorizou a venda do medicamento genérico Undecilato de Testosterona. Esse produto é usado em terapias de reposição de hormônio sexual em homens que apresentam hipogonadismo primário e secundário (doença que faz com que homens produzam pouca testosterona). A detentora do registro desse medicamento no Brasil é Eurofarma Laboratório S/A.
Preço
Pela legislação brasileira, o medicamento genérico deve ser disponibilizado no mercado com um desconto de, pelo menos, 35% em relação ao preço máximo da tabela da Anvisa. Somente em 2016, foram comercializadas 1,46 bilhão de embalagens de genéricos no Brasil. Essa quantidade representou 32,4% de todas as vendas efetuadas no ano, de acordo com informações da segunda edição do Anuário Estatístico do Mercado Farmacêutico 2016, lançado do pela Anvisa em 2017.

Policiais Civis em Foco: ações resultam em quase R$ 600 mil de prejuízo para os criminosos no RN

O trabalho dos Policiais Civis do Rio Grande do Norte, no período de 16 a 22 de abril, resultou em um prejuízo aproximado de R$ 600 mil para as organizações criminosas. Além disso, estima-se que cerca de R$ 350 mil em bens foram recuperados nas apreensões realizadas no período.
Também durante esta semana, os Policiais Civis prenderam 28 pessoas e apreenderam um adolescente. Dez veículos foram recuperados e aproximadamente dez quilos de drogas foram retirados de circulação, bem como quatro armas foram apreendidas.
Os dados e mais detalhes das ações e operações estão no programa *Policiais Civis em Foco*, produzido pelo *SINPOL-RN* a partir de material enviado pelos próprios Agentes e Escrivães.
BG

Governo brasileiro homenageia ex-pracinhas na Itália

Da Agência Brasil
Até o dia 24 de abril, o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), os ministérios da Defesa, do Turismo e das Relações Exteriores e Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República estão promovendo o Festival Tra Amici, na Itália, com homenagens aos soldados brasileiros que lutaram em solo italiano durante a Segunda Guerra Mundial.
O Festival ocorre na semana em que é celebrada a libertação da Itália, com o dia 25 marcando o fim da Segunda Guerra Mundial no país, e conta com homenagens aos pracinhas brasileiros, como ficaram conhecidos os integrantes da Força Expedicionária Brasileira (FEB) que lutaram no país.
No último fim de semana, os pracinhas da FEB foram homenageados com a inauguração do busto do Marechal Mascarenhas de Morais, ontem (22), em Porreta, e uma cerimônia de homenagem aos soldados brasileiros que participaram da libertação da Itália, no Cemitério Brasileiro de Pistoia, no sábado (21).
O Festival Tra Amici também tem o objetivo de apresentar produtos turísticos brasileiros, com o objetivo de aumentar a vinda de turistas italianos ao Brasil.

Após denúncia ao MPRN, condenado por estupro de criança é preso em Natal

Um marchante condenado por estupro de vulnerável foi preso nesta segunda-feira (23) por policiais militares após um telefonema anônimo ao Disque Denúncia 127 Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), órgão do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN). Aristides Martins Pereira, que é condenado a 8 anos e 6 meses de prisão em regime fechado, foi localizado na casa de uma filha no Planalto, bairro da zona Oeste de Natal. Ele será encaminhado ao sistema prisional potiguar.
O crime foi cometido em 25 de maio de 2012, na cidade de Angicos. A vítima foi uma criança de 11 anos.
Aristides Martins Pereira estava escondido na casa de uma filha, na rua Monte Castelo, no Planalto. O telefonema ao Disque Denúncia 127 do Gaeco foi feito na semana passada. Desde então, o MPRN vinha monitorando a residência da filha dele. Nesta segunda, após ser confirmado que Aristides estava no local, a Polícia Militar foi acionada e cumpriu o mandado de prisão expedido contra ele.
BG

CNI aponta que produção aumentou e emprego ficou estável em março

A produção aumentou e o emprego ficou estável na indústria brasileira em março. É o que indica a Sondagem Industrial divulgada nesta segunda-feira (23) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).
De acordo com a confederação, o crescimento da produção em março foi mais intenso do que o usual para o mês. O índice de evolução da produção, de 55,2 pontos, ficou 8,7 pontos acima do de fevereiro e é 2,1 pontos maior do que a média histórica dos meses de março. Os indicadores da Sondagem variam de zero a 100 pontos. Quando estão acima de 50 pontos indicam aumento da produção e do emprego no setor.
O índice de evolução do número de empregados permaneceu estável em 49,6 pontos. Segundo a CNI, como está próximo da linha divisória dos 50 pontos, indica que o número de empregados apresentou estabilidade de fevereiro para março. Esse foi o segundo mês seguido de estabilidade após uma sequência de quedas.
O indicador de nível de estoques, em relação ao planejado, ficou em 50,6 pontos, pouco acima da linha divisória de 50 pontos, indicando que os estoques estão levemente acima do planejado. O indicador de utilização da capacidade instalada subiu de 64% em fevereiro para 66% em março. Com isso, a ociosidade é de 34%.
Expectativas
Os índices de perspectivas para os próximos seis meses estão mais baixos do que em março, embora os indicadores ainda apontem para o aumento da demanda, da compra de matérias-primas, das exportações e do emprego.
O índice de expectativa de demanda caiu para 58,4 pontos, o de compras de matérias-primas recuou para 56 pontos, o de número de empregados ficou em 50,8 pontos e o de quantidade exportada alcançou 55,4 pontos. Os indicadores variam de zero a cem pontos. Quando estão acima de 50 pontos mostram empresários otimistas.
O indicador de intenção de investimento também recuou frente a março e ficou em 52,9 pontos em abril. Mesmo com a segunda queda consecutiva, o índice está 5,9 pontos acima do de abril de 2017. O indicador varia de zero a cem pontos. Quando maior o índice, maior é a disposição dos empresários para investir.
Ainda de acordo com a Sondagem Industrial, a elevada carga tributária, com 42,6% das assinalações, foi o principal problema enfrentado pelas empresas no primeiro trimestre. Em seguida, com 34,5%, aparece a falta de demanda interna e, em terceiro lugar, com 23,1% das menções, aparece a falta ou o alto custo da matéria-prima.
Esta edição da Sondagem Industrial foi feita entre 2 e 12 de abril com 2.214 empresas. Dessas, 932 são pequenas, 778 são médias e 504 são de grande porte.
Agência Brasil

Kelps entra com liminar para evitar antecipação de Royalties pelo Governo do Estado

O Governador Robinson Faria quer receber agora, em 2018, um dinheiro que o Rio Grande do Norte só terá direito em 2019, derivado dos royalties que a Petrobrás paga ao Estado pela exploração do petróleo em terras potiguares.
O deputado Kelps Lima acaba de dar entrada no Tribunal de Contas do RN (TCE) com um pedido de liminar proibindo que essa operação de crédito antecipado seja efetuada.
Kelps considera a intenção de Robinson, além de ilegal, altamente danosa diante do cenário econômico, político e administrativo desfavorável pelo qual passa o Rio Grande do Norte.
“Uma rasteira no futuro do Estado”, define Kelps.
Cópia integral da ação, assinada pelos advogados Caio Vitor Barbosa e Jules Queiroz, foi postada, instantes atrás, na página de Kelps no facebook.
Eis o link com a íntegra da liminar – https://www.facebook.com/kelpslima/posts/2944613515677895

Acidentes com quedas levaram 161 trabalhadores à morte em 2017

Maiana Diniz
No ano passado, das 349.579 comunicações de acidentes de trabalho (CATs) feitas pelas empresas ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), 37.057 se referiam a quedas – 10,6% dos registros.
As ocorrências chamam a atenção pela gravidade. Entre os acidentes fatais de trabalho no último ano, as quedas representaram 14,49% do total. Das 1.111 mortes em ambiente de trabalho registradas no ano passado, 161 foram causadas por quedas.
Os dados revelam que os locais onde mais acontecem acidentes por queda são a construção civil, o transporte de carga, o comércio e hospitais. Esses acidentes geralmente têm relação com escadas, andaimes e estruturas e veículos motorizados. No ano passado, 56 trabalhadores morreram após caírem de andaimes e plataformas e 34 de veículos, como caçambas de caminhões.
Somados os números de acidentes e óbitos causados por quedas entre serventes de obras e pedreiros, trabalhadores da construção civil, foram 1.796 acidentes e 24 mortes em 2017.
De acordo com o Ministério do Trabalho, há regulamentação definida para evitar esse tipo de acidente – que geralmente acontece quando as normas de segurança são desrespeitadas. A norma 35 trata do trabalho em altura e a norma 18 estabelece regras para trabalho na indústria da construção civil.
Os motoristas de caminhão sofreram 1.782 quedas e foram registradas 16 mortes em 2017. De acordo com especialistas do Ministério do Trabalho, as quedas mais graves entre esses profissionais ocorrem durante a manipulação da carga e na subida e descida da carroceria. Isso poderia ser evitado com a instalação de cabos de aço, conhecidos como “linha de vida” ou outros pontos seguros de ancoragem para o uso de cinto de segurança contra quedas.

Recurso de Lula será julgado em sessão virtual da Segunda Turma do STF

André Richter
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin liberou hoje (23) para julgamento virtual na Segunda Turma da Corte o novo recurso no qual a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pretende derrubar a decisão do juiz federal Sérgio Moro, que determinou a execução provisória da pena de 12 anos de prisão na ação penal do tríplex do Guarujá (SP).
Com a decisão, o caso será julgado pelo site do STF e será aberto um prazo para que os ministros entrem no sistema e possam proferir seus votos. Encerrado o prazo, o resultado do julgamento será publicado. Dessa forma, não haverá reunião presencial para julgar o caso. Em geral, o julgamento virtual é usado para decisões que não têm grande repercussão e que possuem jurisprudência pacífica.
Na reclamação, a defesa de Lula sustenta que Moro não poderia ter executado a pena porque não houve esgotamento dos recursos no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF), segunda instância da Justiça Federal. Para os advogados, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que autorizou, em 2016, as prisões após segunda instância deve ser aplicada somente após o trânsito em julgado no TRF4.
No dia 5 de abril, ao determinar a prisão, Moro explicou que, embora caiba mais um recurso contra a condenação de Lula, os chamados embargos dos embargos, a medida não poderá rever os 12 anos de pena. "Não cabem mais recursos com efeitos suspensivos junto ao Egrégio Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Não houve divergência a ensejar infringentes. Hipotéticos embargos de declaração de embargos de declaração constituem apenas uma patologia protelatória e que deveria ser eliminada do mundo jurídico. De qualquer modo, embargos de declaração não alteram julgados, com o que as condenações não são passíveis de alteração na segunda instância", disse.

Troca de tiros entre Polícia Militar e assaltantes deixa um baleado, um preso e outro perseguido na mata

Uma troca de tiros entre a Polícia Militar e homens armados foi registrada na tarde desta segunda-feira na saída de Santa Cruz para Coronel Ezequiel.
Segundo informações repassadas pelo comando da 4ª Companhia Independente de Polícia Militar, três homens armados que assaltaram a CAERN em Jaçanã fugiam com destino a Santa Cruz em veículo tipo Voyage de placas HNW-9297, de Natal, quando avistaram uma guarnição da Polícia Militar e começaram a atirar.
A Polícia Militar revidou os tiros e na troca de tiros, um dos acusados acabou baleado, outro detido pelos policiais e um terceiro fugiu para a mata, mas há um cerco policial neste momento tentando captura-lo.
O homem baleado foi socorrido pelo SAMU para o Hospital Regional Aluízio Bezerra e não se sabe mais detalhes de seu estado de saúde. A Polícia Militar busca informação de quem são os acusados do crime e se cometeram outras ocorrências na região.
Mais informações a qualquer momento.
De no Édipo Natan

Tomba Farias prestigia Caprifeira em São Paulo do Potengi

tomba_ssp2O deputado estadual Tomba Farias participou na noite deste sábado da edição de 2018 da Caprifeira, em São Paulo do Potengi.
Acompanhado pelo vereador Erinho, que é da base do legislador, Tomba visitou o local e conversou com populares e autoridades sobre as necessidades de fortalecer a produção agrícola em todos os setores, gerando emprego e renda ao homem do campo.
Tomba Farias ainda afirmou que o evento é importante para movimentar a economia do Potengi e precisa ser estimulado para crescer e movimentar mais a produção regional.

Prefeita Fernanda Costa fará na próxima terça entrega de base móvel para a Polícia Militar de Santa Cruz


FOTO-BASE-PM001
Com o objetivo de reforçar a segurança pública, a Prefeita Fernanda Costa fará na próxima terça-feira (24) a entrega da Base Operacional Móvel, que será doada pela Prefeitura de Santa Cruz para a 4ª Companhia Independente de Polícia Militar (4ª CIPM). Trata-se de um trailer equipado e que dará suporte às operações da PM.
O veiculo foi adquirido com recursos próprios da Prefeitura de Santa Cruz e será entregue em solenidade que será realizada no Pátio da Matriz, a partir das 17h, com a presença de autoridades.
Essa ação do Poder Público municipal reforçará as atividades operacionais da Policia Militar, dará mais visibilidade às ações dos agentes de segurança em locais de grande movimentação e, consequentemente, contribuirá no combate ao crime.
Na solenidade da próxima terça-feira (24), a 4ª CIPM também receberá uma nova viatura, doada pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN), por intermédio do Deputado Tomba Farias.

PESQUISA SENSUS CONFIRMA: Autoescola Três a Um, pelo segundo ano consecutivo, é a preferida dos santacruzenses

Pelo segundo ano consecutivo, a população de Santa Cruz elegeu a Autoescola Três a Um como a preferida em pesquisa de opinião popular realizada pela empresa Sensus.

Segundo dados da pesquisa, 72% dos santa-cruzenses acham a Autoescola Três a Um o melhor Centro de Formação de Condutores da região. É um dos resultados mais expressivos entre todas as categorias.

Os dados da pesquisa comprovam os números apresentados pelo DETRAN em seu site, que apontam a Autoescola Três a Um sendo a líder em testes veiculares em 2017, com número quase três vezes maior que a sua concorrência. Foram quase 900 testes feito somente ano passado.

Além de ter a melhor estrutura e ser a preferida na região, a Autoescola Três a Um também tem o melhor preço, cobrindo qualquer oferta, com condições especiais e negociação para garantir que o aluno possa ter aulas no Centro de Formação de Condutores.

Tudo isso, faz com que a Autoescola Três a Um conquiste índices invejáveis no interior do Rio Grande do Norte e continue sendo a preferida daqueles que pretendem estar habilitados para o trânsito brasileiro na região.

Responsabilidade, compromisso e competência, só na Autoescola Três a Um, funcionando no bairro Três a Um, as margens da BR-226. Entre em contato nos telefones: (84) 3291-4581 / 99959-9945 / 998320799.